Diamante De Gould Bicolor Arlequim

Código: produto-rascunho-2021-06-09-14-47-39 Marca:
R$ 700,00
até 2x de R$ 350,00 sem juros
ou R$ 665,00 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 700,00 sem juros
    • 2x de R$ 350,00 sem juros
  • R$ 665,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

WhatsApp: (31)8513-0676 Envio a Combinar com o Vendedor

diamante-de-gould é um colorido passeriforme originário da Austrália, cujo nome científico é Chloebia gouldiae ou Erythrura gouldiae. Atualmente há fortes evidências que demonstram que sua população tem vindo a decrescer, até mesmo no norte da Austrália, onde a sua concentração populacional é maior, de modo que em 1992 foi classificado sob os critérios da IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza) como "ameaçado de extinção em seu estado selvagem". Entretanto, seu número absoluto é pouco preocupante, uma vez que é intensivamente difundido nas criações em cativeiro por avicultores de todo mundo.

É uma ave tranquila e serena, vivendo em bandos e coexistindo pacificamente com outras espécies que sejam de semelhante comportamento. Na natureza apresenta-se sob três formas: diamante gould de cabeça vermelha, preta ou laranja. No entanto, pode ser encontrado atualmente em cativeiro com diversas colorações, decorrentes de mutações desenvolvidas em sucessivos cruzamentos.

 

Características

Distinção

Existem três variações de cores entre o diamante-de-gould na natureza: cabeça-vermelha, cabeça-preta, e cabeça-laranja. Os próprios nativos achavam que se tratavam de espécies diferentes, mas depois descobriu-se que se trata de uma única espécie.

Os diamantes-de-gould, assim que nascem, são cor-de-rosa e despidos até aproximadamente 12/13 dias, quando as primeiras penas começam a aparecer.

Os diamantes-de-gould jovens são distinguidos por suas cores, com a cabeça, lados e garganta cinzentas. Sua parte traseira, asas e penas da cauda são verde-azeitona. Sua parte de baixo é marrom-pálido. Os bicos são negros com ponta avermelhada. Suas pernas e pés são marrom-claro.

Comportamento

São pássaros muito sociais, podem ser encontrados em bandos e, à época da ninhada, pode haver mais de um ninho na mesma árvore. Os filhotes deixam os ninhos com 3 semanas de idade. São pássaros calmos e vivem normalmente longe dos homens. Seu canto não é ouvido em longas distâncias, mas é bastante melodioso.

Em cativeiro, dependendo do espaço envolvido e especialmente na época de reprodução, o diamante-de-gould pode adotar uma personalidade bastante agressiva, mesmo com os da sua espécie, ou seja, um comportamento territorial.

Alimentação

Na natureza, preferem se alimentar no alto do que no solo. Preferem sementes, mas também necessitam de insetos, pois estes são de alto valor proteico. Podem se alimentar sozinhos ou em grupo.

Em cativeiro, deve-se alimentá-los com alimentos bem diversificados, para que tenham boa saúde. Comem sementes (alpiste, painço-branco, painço-português, senha, milheto, gergelim-branco e com casca), verduras (almeirão e chicória), farinhas (farinha de rosca, de ovo), areia média de rio bem lavada (ajuda na digestão), casca triturada de ovo de galinha, siba, suplementos vitamínicos e proteicos (duas vezes por semana) e vinagre de maçã fermentado naturalmente (uma vez por semana).

Reprodução

Para cortejar a fêmea, o macho faz uma dança impressionante de ver: ele se curva perante ela, balança a cabeça por uns 10 segundos (nesta posição) e logo após começa a saltitar, com a cauda apontada na direção da fêmea, com o peito estufado e com o olhar fixo na fêmea. Acontece mais frequentemente no período final das chuvas, pois há abundância de alimentos. As fêmeas colocam de 4 a 6 ovos. Tanto o macho quanto a fêmea ajudam a chocar os ovos e cuidam dos filhotes após o nascimento. A incubação dura geralmente 14 dias, e a plumagem começa a nascer com 12 dias de vida aproximadamente. Em casais inexperientes, é comum que haja a morte consecutiva das crias, eventualmente com a "expulsão" das mesmas do ninho, sendo que este comportamento é maioritariamente observado pelos machos. Em cativeiro, mesmo em gaiolas de pequenas dimensões, esta espécie reproduz-se relativamente bem, sendo necessário colocar à disposição do casal o mínimo dispensável. 

 

Produtos relacionados

R$ 700,00
até 2x de R$ 350,00 sem juros
ou R$ 665,00 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • Mercado Pago
Selos

Franciana Aparecida Leão - CPF: 002.410.646-19 © Todos os direitos reservados. 2021